USU recebe profissionais da área de pesca e aquicultura
09 de Mar de 2018
0 Comentários
Biologia USU

No dia 05 de março, os professores do curso de Biologia da Universidade Santa Úrsula, Natalie Freret Meurer, Bruno Absolon e Bruno Meurer e a Pró-Reitora de Graduação e Assuntos Acadêmicos, Marcelle Brandão, receberam o Dr. Philip Scott, consultor da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e seis gestores e biólogos angolanos da área de pesca e aquicultura. No encontro, os profissionais falaram sobre as técnicas utilizadas no cultivo de tilápias para gerar recursos alimentares em Angola.

Contribuição da USU para o projeto

O grupo visitou os pescadores da Lagoa Rodrigo de Freitas, junto com o professor Bruno Meurer, no dia 6, para compartilhar experiências e propor estratégias para o ramo pesqueiro no Brasil e em Angola. Essa parceria vai se estabelecer com estudos, projetos de extensão e, no futuro, permitir o intercâmbio de alunos e especialistas.

Mas não é de hoje que a Biologia da USU colabora na implantação de novos métodos em outros países. Segundo Meurer, essa troca de ideias "continuará entre os grupos envolvidos, e as pesquisas na área de biologia de peixes e qualidade de água, serão divulgadas em Angola".

A importância do cultivo de tilápias

Nesta semana, a Associação Brasileira da Piscicultura (PEIXE BR) revelou que em 2017, a produção atingiu a marca de 357.639 toneladas — equivalente a 51,7% da piscicultura nacional. De acordo com o anuário, o Brasil é o quarto maior produtor de tilápias do mundo.

Deixe um comentário

Fale Conosco

Estamos à disposição para atendê-lo.

CAMPUS BOTAFOGO
21 - 2554-8036
Rua Fernando Ferrari, 75 - Botafogo - RJ
Horário de Atendimento: 09:00 - 21:00
UNIDADE VILA DA PENHA
21 - 3579-0730
Av. Brás de Pina, 1744 - Vila da Penha - RJ
Horário de Atendimento: 13:00 - 22:00